Parque Natural da Serra da Estrela

O Parque Natural da Serra da Estrela estende-se por 101 mil hectares, sendo a maior área protegida portuguesa. Aqui encontra a única pista de esqui do país, a nascente de dois importantes rios e uma inesperada paisagem “de tipo alpino”, onde abundam os vestígios de glaciação.

O Parque Natural da Serra da Estrela é um lugar de excepção. Estendendo-se por 101 mil hectares distribuídos por seis concelhos, foi o primeiro parque natural a ser criado em Portugal, sendo a maior área protegida portuguesa. Aqui encontra o ponto mais alto do território continental, a única pista de esqui do país, a nascente de dois importantes rios e uma inesperada paisagem “de tipo alpino”, onde abundam os vestígios de glaciação.

Mas a grandeza do Parque Natural da Serra da Estrela não se mede apenas em hectares. Verdadeiro pólo dinamizador da serra, o seu alcance estende-se à conservação do património local e à revitalização da sua terra e da sua gente. Em constante colaboração com as autarquias e as entidades oficiais, o Parque intervém no relançamento das actividades típicas da região, com a promoção do pastoreio e da produção de queijo artesanal ou através de acções de apoio aos apicultores e à salvaguarda do cão Serra da Estrela.

Sem dúvida, esta é mais brilhante Estrela entre as serras de Portugal.

Fauna e flora no Parque Natural da Serra da Estrela

O carácter único do Planalto Superior da Serra da Estrela, o seu isolamento geográfico e a consequente diversidade de espécies de fauna e flora valeu ao Parque Natural da Serra da Estrela o estatuto de Reserva Biogenética.

As magníficas paisagens da serra são o habitat de mamíferos como o lobo, o javali, a lontra, a raposa, a geneta e o coelho-bravo-europeu, sendo sobrevoadas por aves como a águia-real e a águia-de-asa-redonda, o falcão peregrino, o bufo real e o milhafre preto.

Por entre o verde e as rochas pode descobrir-se a campânula, verdadeiro símbolo da Estrela, o sargaço, a saxifraga spathularis e o zimbro, ao mesmo tempo que se erguem, frondosas, árvores como o castanheiro, o carvalho-roble, o carvalho-negral, o pinheiro bravo e a azinheira. Em planaltos e vales do interior da serra, entre pastagens, despontam a urze, o rosmaninho e a giesta.

Turismo no Parque Natural da Serra da Estrela

Se a fauna e flora da Serra da Estrela são variadas, o que dizer da incomparável paisagem? Prados verdes, picos de rochas a tocar o céu, lagoas que espelham a vastidão da montanha, vales glaciares e panos brancos da neve durante os meses mais frios. Tudo apela a longos passeios por entre o silêncio magnificente da serra. Se a temperatura permitir, aventure-se num dos percursos pedestres assinalados.

Para uma experiência um pouco mais radical, prefira os percursos todo o terreno para BTT que partem da Covilhã e Fundão, ou aventure-se numa escalada pela parede fantasma no vale glaciar do Zêzere e no Covão da Ametade.

Centro de Interpretação da Serra da Estrela

O CISE é uma estrutura criada pelo município de Seia que apresenta o conjunto de espaços e equipamentos ideais ao desenvolvimento de actividades de educação e divulgação ambiental, promoção turística e investigação. Vocacionado para ajudar o visitante a tirar o máximo partido da Serra da Estrela, o Centro de Interpretação oferece infinitas possibilidades de melhor conhecer a região.

Comece por uma viagem virtual no espaço do CISE onde, num mapa com a localização de cada ponto-chave, pode conhecer as principais espécies de fauna e flora, saber tudo sobre barragens e lagoas, ou rever a história da região. Depois, elabore um roteiro, ponha a mochila às costas e parta à descoberta. Se preferir, pode integrar um dos passeios pedestres organizados pelo Centro de Interpretação.

Além das actividades para o público geral, o Centro de Interpretação da Serra da Estrela tem uma forte componente educativa, apoiando a investigação acerca da área do Parque Natural da Serra da Estrela, através da cedência de recursos, espaços de trabalho e equipamento. O inestimável contributo do CISE traduz-se na promoção e divulgação de informação de carácter ambiental, ao mesmo tempo que desenvolve e acompanha projectos escolares, produz materiais pedagógicos orientados para a protecção e valorização dos recursos ambientais, realiza acções de formação e sensibilização, organiza oficinas e visitas temáticas.

Sem dúvida, este é um ponto privilegiado para partir à descoberta do património ambiental da Serra da Estrela.

Return to the top