Guarda

Implantada na paisagem montanhosa da Serra da Estrela, a Guarda é a a cidade mais elevada de Portugal, com vestígios de ocupação humana desde a Pré-História.

Implantada na paisagem montanhosa da Serra da Estrela, a Guarda foi um dos mais importantes redutos de um conjunto de fortificações que defendiam a fronteira portuguesa com Castela e Leão na Idade Média. Com vestígios de ocupação humana desde a Pré-História, a cidade mais elevada de Portugal foi oficialmente fundada por Sancho I, que lhe doou foral em 1190. A porta guardada do território nacional é também a porta de entrada de um distrito a descobrir, onde se cruzam a rota das Aldeias Históricas com os Castelos de Fronteira, a rota das Judiarias e a Pré-História do país.

Na região

Se quer saber mais sobre as origens históricas da região da Guarda, não deixe de visitar o concelho de Fornos de Algodres, que conserva alguns dos mais importantes vestígios arqueológicos da Beira. Comece pelo Dólmen de Corgas da Matança e siga depois para o Dólmen de Cortiçô, onde as estruturas megalíticas se confundem com a natureza. Visite o povoado da Idade do Bronze na Fraga da Pena ou o Castro de Santiago, e reconstitua a vida ancestral das povoações serranas. Percorra os troços de calçada romana, em Maceira e em Fornos, e depois siga até às necrópoles medievais de Forcadas e Vila Ruiva. Deixe-se cativar pelos vestígios da História!

Return to the top