Nos últimos anos, a região do Centro de Portugal ganhou uma nova vida com a recuperação de 24 aldeias típicas.

Com a liderança da ADXTUR – Agência para o Desenvolvimento Turístico das Aldeias do Xisto, em parceria com 21 municípios da Região Centro, os habitantes locais empenharam-se neste projecto de remodelação das suas aldeias. Gradualmente as casas em xisto, imagem de marca da região, foram restauradas com o recurso a técnicas tradicionais, os pontos de interesse turístico foram melhorados e surgiram novos polos de actividade comercial geridos pelos habitantes locais. Espaços de turismo rural, oferta de vários desportos radicais, restauração que aposta nas tradições gastronómicas e a recuperação do artesanato local são apostas para transformar as Aldeias de Xisto num dos mais atractivos destinos turísticos de Portugal, revitalizando a região e chamando ao interior do país quem se queira deslumbrar com o encanto natural da terra beirã.

A Descoberta começa aqui

Nestas pequenas localidades, distribuídas por 14 concelhos do país, há sempre o que fazer. Percorrer as aldeias de ruas sinuosas e casas feitas de xisto, onde a vida se rege pelos ciclos rurais e a agricultura e a pecuária são fundamentais na vida diária dos habitantes. Visitar os inúmeros miradouros e observar as paisagens deslumbrantes onde as aldeias não são mais que pequenas formações de pedra rodeadas pela imensidão do verde. Assimilar as tradições destas gentes, que isoladas, independentes e crentes em Deus, construíram e deram vida a um património cultural rico, expresso na profusão de igrejas e capelas, no colorido de festas e romarias, nos costumes do seu quotidiano. Conhecer as maravilhas naturais do território, explorando serras e penedos, grutas e cascatas, rios, barragens e praias fluviais, a fauna e a flora, num cenário ideal para vários tipos de desportos ao ar livre. Saborear as delícias da gastronomia beirã que integram a Carta Gastronómica das Aldeias do Xisto fazendo um roteiro pelos restaurantes típicos, onde se pratica a arte de bem receber. Usufruir das actividades oferecidas pela agenda cultural da região, onde se juntam exposições, teatro, passeios pedestres, encontros, música, mercados e festivais, que oferecem a todos os gostos e sensibilidades uma forma diferente de estar na região. Desta forma, vale a pena viver o interior de Portugal.

24 x o melhor de Portugal

A oferta diversificada que as Aldeias de Xisto têm para lhe dar conta com o apoio de uma sólida estrutura de agentes qualificados. Eles são, verdadeiramente, dinamizadores das economias locais, organizando-se sob uma estrutura eficaz e concertada que, ao tirar partido da sua gradual experiência, põe ao dispor de uma rede de aldeias vários organismos que lhes são adstritos. São as Lojas Aldeias do Xisto, a Rede de Praias Fluviais, a Rede de Arte Rupestre que num patamar de desenvolvimento sustentável, permitem uma ligação entre a tradição e a inovação, o sustento quotidiano e a oferta turística. Nascendo de um sonho, as Aldeias do Xisto são hoje uma referência de qualidade, renovação, criatividade, preservação e boas práticas. São o melhor de Portugal ao dispor de quem queira descobrir o Centro do país.